• Sofia Imad

7 dicas simples para deixar o seu onboarding mais interativo.

Updated: Apr 6

Conheça 7 dicas simples para organizar um onboarding incrível, garantindo a integração, retenção e engajamento dos novos talentos desde o primeiro dia na empresa.


Como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica. Fora o processo admissional, o primeiro contato do colaborador com a empresa é no onboarding. Aquele método de integração com infinitos slides e textos padrões ficou para trás e a necessidade de algo mais dinâmico está cada vez mais presente, agora mais do que nunca, com grande parte das equipes em modelo home office ou híbrido.


O onboarding tem a capacidade de garantir a integração, retenção, engajamento e produtividade dos novos talentos já no primeiro mês de trabalho. De acordo com uma pesquisa da Glassdoor publicada em 2020, um processo de integração eficiente pode aumentar a permanência de novos talentos em mais de 80%.


Pensando nisso, preparamos 7 dicas simples para auxiliar as empresas a organizarem um onboarding incrível, garantindo a integração, retenção e engajamento dos novos talentos desde o primeiro dia na empresa.



1. O senso de pertencimento começa no onboarding.


Todos sabem como pode ser difícil começar em uma nova empresa. Agora mais do que nunca, com o modelo de trabalho home office ou híbrido, muitas pessoas podem se sentir abandonadas nos primeiros dias de trabalho, sem a troca pessoal que o presencial proporcionava.

Aposte em um modelo de onboarding que acolha, integre e apresente ao novo talento, não só as suas novas ferramentas e equipes de trabalho, mas também a cultura organizacional.

Você pode organizar mini games de cultura, apresentando o ''jeito de ser e fazer'' da empresa, utilizando personagens e narrativas que transmitam essa cultura única e reforçando o aprendizado por meio de quizzes valendo um kit de boas vindas, por exemplo.



2. Crie trilhas interativas de desenvolvimento.


A elaboração de trilhas específicas para o onboarding, que possuem uma narrativa cativante e sensação de progressão constante, fazem a diferença. Você pode muito bem explicar a cultura, história e cadeia de valor da empresa, contando com uma protagonista dentro de uma tradicional jornada do herói.

Aposte em formatos que se adaptam à rotina dos colaboradores e que estimulem a interação com o conteúdo. Até mesmo as apresentações utilizadas por facilitadores podem ter uma narrativa, design e tom de voz mais interessantes.



3. Estruture um sistema de mensagem consistente automatizado.


A empresa sabe quais são as mensagens necessárias em seu processo de onboarding. Que tal diminuir o trabalho do RH e automatizar o envio dessas notificações? Há algumas ferramentas que auxiliam a realizar essa demanda: LMS, Ferramentas de Comunicação Interna, Ferramentas de E-mail Marketing e outros bots.



4. Utilize as ferramentas de comunicação interna para fazer gestão de comunidades.


Comemore a chegada do novo colaborador por meio de mensagens e posts nas ferramentas de comunicação interna. Engaje seus funcionários com o entusiasmo de receber um novo membro na equipe.

Que tal criar grupos de afinidade e produzir conteúdos que estimulem os colaboradores a interagirem e engajarem com a marca? A promoção de desafios e sorteios é uma ótima iniciativa para incentivar a participação e compartilhamento de experiências.



5. Explore as mídias sociais da empresa para trabalhar a marca empregadora.


Utilize as redes sociais da empresa para trabalhar a imagem da organização externamente e internamente. Faça postagens institucionais que estimulem o orgulho de pertencimento e também peças digitais para que o colaborador possa se tornar um embaixador da marca no LinkedIn e Instagram.



6. Prepare um kit de boas-vindas memorável.


Essa é a dica que nunca falha. Dê brindes com a cara da empresa e que marquem o colaborador, o instigando a compartilhar nas suas redes sociais a recepção calorosa que teve.

Algumas ideias de presentes são: material de escritório, squeezes, moletons e camisetas, mochila, vouchers e mais. Uma carta personalizada do CEO da organização também é uma ótima forma de proporcionar um sentimento de acolhimento ao recém-chegado.


7. Nomeie um responsável para acompanhar o novo colaborador.


Muitas empresas já aderiram à técnica da apadrinhagem. Os padrinhos são os responsáveis por acompanhar o novo funcionário e orientá-lo durante as primeiras semanas na empresa. É uma forma de ajudar na integração social do recém-chegado e na vivência da dinâmica real da organização.



A Team Upp te ajuda a construir um onboarding interativo, gamificado e de qualidade. Com nossos especialistas em Employee Experience, você poderá conquistar seus funcionários desde o primeiro minuto. Afinal, o trabalho pode ser interativo, humano e divertido.

61 views