• Francielly Boni

Um colaborador bem cuidado, cuida.



Este é um artigo de opinião de Francielly Boni


Customer Success, Customer Experience, Atendimento Humanizado, Atendimento Personalizado, Venda Consultiva… Muitos nomes foram criados para que as empresas cuidem cada vez melhor de seus clientes.


Mas a grande questão é: Como estamos cuidando das pessoas que cuidam dos clientes?


Quando estive no time de atendimento, acompanhei de perto as equipes de vendas e percebi que estar nessas áreas é ser o escudo, a famosa linha de frente que absorve o primeiro impacto, seja ele positivo ou negativo. São áreas que constroem a primeira impressão e são o cartão de visita para a entrada do cliente.


Ao longo da minha carreira em atendimento e desenvolvimento de negócios, convivi com diversas equipes e o desafio central para alcançar praticamente todos os objetivos é sempre o mesmo: engajamento.


Ter um time engajado, que respeita e acredita no produto e na empresa, tem sido o grande diferencial.

Presenciei inúmeros desligamentos de ótimos profissionais que não acreditavam mais no produto e/ou na empresa. Promessas de crescimento e a missão, visão e valores totalmente desconexos com a prática do dia a dia.

E os números não falham em mostrar dados de afastamento, ansiedade, depressão e burnout desses times.


Como amenizar as pancadas de um time de suporte? Como fazer o vendedor acreditar no produto ? Como fazer um CS se preocupar genuinamente com os clientes? E o mais importante, como fazer com que acreditem na empresa?

São perguntas que precisam de reflexão e ações.


Um bom ponto de partida é olhar para a gestão. Uma gestão bem preparada cuida e engaja o time.


Cuidar dos colaboradores é repensar todas as crenças da empresa. Como aplicar da melhor forma possível, tanto para a liderança quanto para quem está na ponta, o que a empresa prega no mercado?


Pode ser uma mudança que leva tempo e precisará de investimentos. Estará ligada diretamente com a estrutura cultural da empresa e a necessidade dela ser reavaliada e renovada o quanto antes, se necessário. As pesquisas nos mostram o quanto essa mudança na forma de olhar para os colaboradores é importante e também lucrativa.

Fazer com que se tornem verdadeiros defensores da marca. Esse papo de “vestir a camisa” evoluiu muito, ainda bem! Nada mais verdadeiro e milenar do que o “boca a boca”, que agora tem uma potência gigantesca com as redes sociais.


Equipes que sabem claramente para o que estão trabalhando e a importância de seu papel nessa jornada, se engajam e motivam uns aos outros. Entender o caminho traz o sentimento de pertencimento, ele que é tão importante em tempos de mudanças que vieram para ficar, como o home office.

Oferecer bons benefícios, ter um onboarding efetivo, acompanhar e dar feedbacks, investir em programas de bem-estar, treinamentos e reciclagens, ter empatia. São cuidados estratégicos que naturalmente farão de seu colaborador um defensor da sua marca, pois são ações genuínas de cuidado.


Basicamente é aplicar a política de cuidado com os clientes da porta para dentro. Conquistar os colaboradores é conquistar os clientes.


Um colaborador bem cuidado, cuida.




25 views